Translate

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

POSICIONAMENTOS MANGUEIRAS 2E / 3E MOTORES AP


POSICIONAMENTO MANGUEIRAS 2E / 3E AP 1.8 ALCOOL

POSICIONAMENTO MANGUEIRAS 2E / 3E AP 1.8 GASOLINA



Posicionamento das mangueiras no carburador - 2E - CE e 3E - CE : AP 2000 Gasolina

A - Alimentação de combustível
B - Válvula do filtro de carvão ativado (respiro da cuba)
C - Válvula do filtro de carvão ativado
D- Interruptor termopneumático
J- Válvula de recirculação dos gases de escape (veículos com transmissão automática)
E - Aeração da válvula do corretor da marcha-lenta
F- Aeração do corretor de rotação da marcha-lenta
G- Acionador do 2º estágio
H- Filtro de ar (Válvula termopneumática)
I- Depressão da válvula do corretor da rotação da marcha-lenta



Posicionamento das mangueiras no carburador - 2E - CE e 3E - CE : AP 2000 Gasolina

A - Alimentação de combustível
B - Partida a Frio
C - Desafogador
D- Distribuidor
J- Válvula de recirculação dos gases de escape (veículos com transmissão automática)
E - Aeração da válvula do corretor da marcha-lenta
F- Aeração do corretor de rotação da marcha-lenta
G- Acionador do 2º estágio
H- Filtro de ar (Válvula termopneumática)
I- Depressão da válvula do corretor da rotação da marcha-lenta

DIMINUIR A GIGLAGEM DO CARBURADOR AJUDA A REDUZIR O CONSUMO?


              

            O correto seria você conferir as medidas dos giglês se estão originais de fábrica ou não, isso você vai conseguir com mecânicos que tenham a tabela de medidas original do fabricante do carburador, verificando isso e se estiver maior do que vem de fábrica compre primeiro o kit de giglês com as medidas originais e faça um teste de consumo, se optar por diminuir a giglagem você estará sujeito à "amarrar" o seu carro, fazendo perder desempenho, e diminuir a giglagem demais o seu carro pode sofrer com falta de alimentação(mistura muito pobre) ou até mesmo o carro sequer conseguir fazer funcionar. 

Se for diminuir tem que ser os giclês de combustível, de ar e de lenta(para carburadores de corpo duplo).

Diminuir é economia iluzoria, vc acaba pisando mais para ter o mesmo rendimento. OK

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

GIGLAGEM DO CARBURADOR SOLEX H32/35 ALEMÃO E H 35

Tabela de calibragem - Solex H35 PDSIT e 32/35 TDID


A linha Passat, assim como o restante dos modelos produzidos pela VW nos anos 70, era equipada com carburadores Solex (Brosol). Os modelos equipados com motor 1.5 (L, LM, LS, 4M e Surf) possuiam carburador de corpo simples, modelo H35 PDSIT (gasolina) ou H35 PDSI (álcool). Além das diferenças de calibragem, estes dois modelos de carburadores se diferenciavam externamente pelo acionamento do afogador, que era feito de modo automático nos modelos a gasolina, de acordo com a temperatura do líquido de arrefecimento do motor, e manualmente nos modelos a álcool. O modelo a álcool também não possuia o interruptor elétrico da marcha-lenta. O Solex H35 PDSI também foi utilizado até 1981 nos TS e LSE a álcool, pois estes eram equipados com motores 1.5. A partir de agosto de 1982, com a adoção do motor 1.6 para toda a linha Passat, este carburador deixa de ser montado.

Já os modelos TS e LSE, que possuiam motor 1.6, eram equipados com carburador de corpo duplo, modelo 32/35 TDID. Este carburador era importado e por isso é conhecido como "Solex alemão", sendo utilizado apenas nos motores 1.6 a gasolina. Os motores 1.6 movidos a álcool passaram a ser oferecidos apenas a partir de meados de 1982, já utilizando carburadores Weber também de corpo duplo.


Solex H35 PDSITSolex 32/35 TDID


As tabelas abaixo listam as características dos carburadores utilizados até 1981 nos motores 1.5 a gasolina (BR), álcool (BI) e 1.6 (BS).


Tabela de calibragem - Motores 1.5 BR

Identificação do carburadorSolex H35 PDSITSolex H35 PDSI
CombustívelGasolinaÁlcool
Diâmetro do difusor (mm)2727
Calibre do pulverizador principal145167,5
Calibre do ar do pulverizador principal10060
Calibre do pulverizador da marcha-lenta5560
Tubo injetor5050
Válvula de enriquecimento50/100ND
Vazão da bomba de aceleração (cm³/curso)0,80 (+/- 0,15)ND
Diâmetro da válvula estilete (mm)1,51,75
Junta sob a válvula estilete (mm)1,51,5
Peso da bóia (g)7,37,3
Nível de combustível na cuba (mm)14 a 16ND
Abertura da válvula-borboleta do acelerador (mm)0,75 (+/- 0,05)ND
Abertura da válvula-borboleta do abafador (mm)4,6 (+/- 0,15)ND
Rotação da marcha-lenta (rpm)950 (+/- 50)ND

ND = Informação não disponível


Tabela de calibragem - Motores 1.6 BS (modelos TS e LSE até 1981)

Identificação do carburadorSolex 32/35 TDID
CombustívelGasolina
 1º estágio2º estágio
Diâmetro do difusor (mm)2427
Calibre do pulverizador principal127,5140
Calibre do ar do pulverizador principal140140
Calibre do pulverizador da marcha-lenta45-
Calibre do ar adicional da marcha-lenta130-
Calibre de gasolina adicional do sistema de progressividade-50
Calibre de ar do sistema de progressividade-100
Válvula de enriquecimento57,575
Tubo injetor45-
Vazão da bomba de aceleração (cm³/curso)0,90 (+/- 0,15)
Diâmetro da válvula estilete (mm)1,75
Junta sob a válvula estilete (mm)0,5
Peso da bóia (g)7,3
Nível de gasolina na cuba (mm)38 (+/- 1)
Abertura da válvula-borboleta do acelerador com a do abafador totalmente fechada (mm)0,65 (+/- 0,05)
Abertura da válvula-borboleta do abafador (mm)3,7 (+/- 0,15)
Rotação da marcha-lenta (rpm)950 (+/- 50)

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

DIMINUIR O CONSUMO DE COMBUSTIVEL

Como diminuir o consumo de combustível

Poupar-no-consumo-de-combustivel1
A maioria das pessoas botam a culpa no carburador,

como sendo o principal vilão pelo alto consumo de
combustível, mas na maioria das vezes não é,
então segue a baixo algumas dicas e considerações
 para uma boa UTILIZAÇÃO do seu combustível
.
Com certo cuidados, é possível diminuir até 20% do consumo na
cidade. O gasto com combustível é sempre preocupante. Mas existe uma
série de medidas que pode diminuir o consumo e a poluição nas grandes
 cidades. Do horário de abastecer até a maneira de dirigir, o motorista
 pode influenciar no consumo do veículo e, conseqüentemente, no
seu bolso. Com certo cuidados, é possível diminuir até 20% do consumo.

Para colocar o combustível de maneira correta, a primeira dica é
encher o tanque de manhã cedo. A temperatura ambiente e do
solo é mais baixa e os postos de gasolina têm seus depósitos
debaixo da terra. Ao estar mais fria a terra, a densidade da
gasolina é menor. O contrário se passa ao meio-dia ou à tarde,
quando a temperatura do solo sobe, e os combustíveis tendem
a evaporar. Ainda para evitar a evaporação, encha o tanque 
antes que caia abaixo da metade. Quanto mais combustível no
 tanque, menos ar, o que dificulta a evaporação do
combustível. Em dias de muito calor, estacione na sombra.

Outra dica é não encher o tanque quando o posto estiver sendo 
reabastecido. Se chegar ao local e tiver um caminhão tanque,
evite. O novo combustível se mistura ao restante e aos sedimentos
 do fundo. Assim, você corre o risco de abastecer com combustível sujo.

Já na hora de guiar o carro, acelere de maneira constante e 
progressiva, pressionando o acelerador à medida que for necessário
 e não acelere entre as mudanças de marcha, com o pé na embreagem.
Se o semáforo fechar ou o trânsito parar, por exemplo,
diminua a velocidade gradualmente. Frear e acelerar bruscamente
aumentam o consumo.

Motor em boas condições também evita desperdício. Portanto,
verifique periodicamente o estado dos cabos, velas e bobina.
Um bom funcionamento da ignição é fundamental para uma boa
queima de combustível. Outro cuidado é com a embreagem. 
Quando está patinando, o essencial é acelerar mais para 
fazer o carro andarA direção alinhada e os pneus calibrados 
também são fundamentais para baixar o consumo.

Outras dicas
- Procure fazer a troca de velocidades dentro da faixa de 
rotação do motor recomendada (3.000 rpm). Não estique as
 marchas desnecessariamente.
Não conduza em alta velocidade. O consumo andando a
120 km/h pode ser até 20% maior do que a 100 km/h.
Andar com rotação baixa em marchas altas - 40 km/h 
em 5ª, por exemplo - força o motor e aumenta o consumo.
Se for ficar parado por mais de 2 minutos, desligue o motor.
Na descida, utilize as mesmas mudanças que seriam 
necessárias para uma subida.
- A utilização do ar condicionado pode aumentar em 
até 20% o consumo de combustível.
Viaje com os vidros fechados.

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

ESQUEMA LIGAÇÃO DE MANGUEIRAS MINIPROGRESSIVO

AGRADEÇO AO DANILOP POR TER PRODUZIDO ESTE VÍDEO EXPLICATIVO DA LIGAÇÃO DAS MANGUEIRAS DO CARBURADOR MINIPROGRESSIVO, UM MATERIAL SIMPLES MAS BEM OBJETIVO, QUE ACREDITO, VAI SAFAR MUITA GENTE

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

A IMPORTÂNCIA DO FILTRO DE AR DO CARBURADOR

A IMPORTÂNCIA DO FILTRO DE AR NO CARBURADOR

Todo motor a combustão precisa de ar para misturar ao combustível, seja alcool, gasolina ou diesel. Mas o ar que o motor respira precisa ser de qualidade, ou o motor não vai funcionar bem, e em alguns casos, pode até se desgastar prematuramente ou mesmo travar. O Filtro de ar existe para resolver este problema. Entenda o seu funcionamento e o motivo de ele ser tão importante.

O motor funciona com gas combustível. É papel do Carburador ou da Injeção Eletrônicatransformar o Combustível em Gas, mas para isso, o carburador mistura uma grande quantidade de ar no combustível. Este gas vai direto para dentro do motor, portanto, o ar que é usado para esta operação deve ser limpo e livre de particulas como poeira, areia, água, etc.
O Filtro de ar fica na caixa de filtro de ar, ele é responsável por filtrar todo o ar que entra no carburador. Ele é uma peça interessante, pois normalmente é feito de papel dobrado, montado em uma estrutura de plástico, borracha e metal. Além de ser responsável por garantir que o ar chegue limpo ao carburador, ele também deve possuir vazão suficiente para alimentar o motor sem deixar faltar ar.
Quando o filtro de ar está muito sujo, ou no fim de sua vida útil, ele deixa de ter esta vazão, e acaba impedindo que o ar entre no motor com a velocidade necessária, então começa a funcionar com pouco ar e o motor passa a funcionar de modo incorreto. Isso é conhecido como “carburação gorda”, ou seja, muito mais combustível liquido e menos ar entrando no motor. Os principais sintomas são acelerações e retomadas mais lentas, falhas no funcionamento do motor e elevado consumo de combustível. Em alguns casos, o motor pode simplesmente não funcionar mais pois não consegue respirar.
Existem filtros de ar feitos de materiais diferentes, nos mais diversos formatos. Os de formato cônico por exemplo, são esportivos, tem maior vazão de ar e permitem acertos mais agressivos. Alguns são feitos de tecidos e materiais lavaveis, outros, apenas de malhas de alumínio trançado.

Limpe periodicamente o filtro para garantir uma vida útil mais longa e troque o filtro de ar de acordo com o cronograma de revisões da sua moto, ou sempre que perceber que ele já deu o que tinha que dar.

ESQUEMA DE INSTALAÇÃO WEBER 460 FIAT TEMPRA

MONTAGEM DO CARBURADOR DA FIAT TEMPRA NO MOTOR